Como definir a persona do seu público

Como definir a persona do seu público

Toda pessoa na qual trabalhou com marketing já se deparou com a ideia de público-alvo de algum anúncio ou divulgação. Entender um público-alvo e defini-lo é fundamental para criar produtos de sua empresa.
Mas isso não é o suficiente. Público-alvo é um termo muito amplo para definir de fato o seu cliente. É para isso que existe a persona que é uma pessoa fictícia e possível cliente.

Isso vale também para a música. Sabendo a persona que define o seu público fica muito mais fácil e barato mostrar o seu trabalho para quem tem mais chance de se interessar.
O que é persona?

Persona é basicamente uma personagem fictícia do seu público. Ela se baseia em dados demográficos sobre comportamentos dos seus clientes. Você define características como história, motivação, preocupação e desejos.

Ela pode ser definida pela rápida análise do seu público-alvo e descobertas em comum entre eles. Para definir sua persona de maneira eficiente, procure considerar as pessoas que gostaram e que não gostaram da sua música. Tente entender o que os motivou a ter essa opinião.
Como definir a persona para meu show?

É necessário perguntar algumas coisas e responder certas questões referentes ao personagem fictício criado para a persona.

Antes de responder as perguntas, você pode recorrer a alternativas como formulários para fazer uma pesquisas de opinião ou mesmo nas redes sociais.

Sabendo disso, você precisa responder várias questões sobre a persona:

  • Quais são as características?
  • Quais os assuntos que mais a interessam?
  • Qual a idade?
  • Quais os problemas presentes na vida dela?
  • O que ela geralmente faz nas horas vagas?
  • O que ela faz profissionalmente?
  • Qual o sonho dele?
  • Ela costuma procurar informações em qual veículo de comunicação?

Todas essas perguntas precisam ser respondidas para que você defina sua persona corretamente. Isso permite que você tenha ideias de marketing sobre ela e direcionados a ela.

Depois disso, basta definir o nome, a idade, trabalho, medos e ambições dela.

Criando sua persona ouvinte da sua música

Achou complicado? Vamos mostrar um exemplo para você de uma persona criada agora.

Suponhamos que você tenha grupo de samba.
Nossa persona será Ana. Ana gosta de sair com os amigos, tomar cerveja, conversar e dançar. Ela está procurando uma música adequada para essa ocasião.

Agora definiremos as características de Ana:

  • Ela tem 25 anos;
  • Está terminando a faculdade;
  • Tem perfil no facebook e instagram;
  • Além de samba, ela gosta de outros estilos de mpb;
  • Ela não gosta de rock pesado, mas às vezes curte pop rock;
  • Ana tem um emprego e ganha média de R$ 2800 por mês;
  • Pode pagar ingresso de shows de vez em quando, mas não toda semana;
  • Além disso ela gosta de ler livros filosofia;

A partir disso, você já consegue criar uma boa estratégia de divulgação que serão interessantes para pessoas com as características da Ana.

Criar a persona é essencial para divulgação do seu trabalho e especialização do marketing direcionado a pessoas com certas características.

A sua divulgação terá muito mais resultado.

Como afinar o violão

Como afinar o violão

Neste vídeo vamos aprender a afinar o violão.

A primeira coisa que precisamos saber é o nome das notas de cada corda.

Da corda mais aguda, fininha, para a mais grave, as cordas são:

  • Mi, representada pela letra E
  • Si, letra B
  • Sol, letra G
  • Ré, letra D
  • Lá, letra A
  • Mi de novo, letra E

 

Para afinar, você pode utilizar um afinador eletrônico, ou afinar de ouvido mesmo. Vamos ensinar as 2 formas.

Afinador eletrônico

Os afinadores eletrônico são vendidos em lojas de instrumentos, mas você pode também baixar grátis um aplicativo para o seu celular, que funciona muito bem.

Procure por Guitar Tuner para Android e Iphone que você vai encontrar diversos aplicativos.

Para utilizar o afinador eletrônico, você vai aproximar o afinador do violão e tocar uma corda de cada vez.

A nota correspondente a cada corda vai aparecer na tela.

Se o ponteiro estiver mais para o lado esquerdo, quer dizer que você deve apertar a corda.

Se estiver mais para o lado direito, você deve afrouxar a corda.

Quando o ponteiro estiver no centro e aparecendo a nota certa, a corda que está afinada.

Ouvido

Para afinar o violão sem utilizar o afinador, você deve prestar atenção para ouvir as diferenças dos sons das notas.

Para a corda inicial, é necessário uma referência para saber se está correta. A partir dessa corda, afinaremos as outras cordas.

Para isso, usa-se um objeto chamado diapasão.

É provável que você não tenha um diapasão, então você pode comparar com algum outro som que você saiba qual é a nota.

Pode ser outro instrumento, um piano, um apito, uma flauta ou uma música que você saiba a nota.

Ao final deixaremos os sons das cordas para você consultar sempre que precisar.

Após afinar uma corda, podemos afinar as outras

Ao tocar a corda que já está afinada apertando na quinta casa, ela deverá ter o mesmo som da próxima corda solta.

Em todas as cordas você apertará na casa 5.

Apenas na terceira corda, a Sol, você vai apertar na casa 4.

 

Se o som estiver mais agudo, você deve soltar a tarracha

Se estiver mais grave, você deve apertar a tarracha

Repare uma coisa interessante: Quando você tocar 2 cordas desafinadas entre si, o som vai oscilar, como ondas. Quanto mais próxima de estarem certas, mais lentas as ondas. Quanto mais distantes, mais rápidas as ondas.

Pronto, seu violão está afinado.

Salve esse vídeo nos favoritos e volte aqui sempre que precisar.

Acorde Maior e Menor – Qual a diferença?

Acorde Maior e Menor – Qual a diferença?

Você sabe o que é um acorde maior e um acorde menor?

Porque eles são chamados assim?

Como são formados?

Você vê as cifras dos acordes, mas não entende muito bem o que significam?

Vou fazer uma explicação rápida e ao final deste vídeo você saberá reconhecer a diferença entre um acorde maior e menor.

Você já percebeu que, além do nome, existe uma diferença nos sons entre o acorde maior e o menor.

Vamos agora entender a explicação:

Acorde é um conjunto de notas tocadas ao mesmo tempo.

A partir da combinação das notas surgem os diversos tipos de acordes, mas neste vídeo falaremos apenas do maior e do menor.

A primeira coisa que precisamos entender é o intervalo, que é a diferença de altura entre as notas, a distância entre uma nota e outra.

A intervalo mais próximo entre as notas são as teclas vizinhas no piano, ou as casas vizinhas no violão.

Esse intervalo se chama semitom.

Então, o intervalo entre uma nota e sua nota vizinha é ½ tom.

Logo, se considerarmos o intervalo entre uma nota e 2 casas para frente, o intervalo é de 1 tom.

E se considerarmos o intervalo entre uma nota e 3 casas para frente, o intervalo é de 1 tom e meio.

Se considerarmos o intervalo entre uma nota e 4 casas para frente, o intervalo é de 2 tons, e assim por diante.

Cada intervalo desses recebe um nome. Não vamos falar os nomes de todos os intervalos aqui para deixar o vídeo mais simples e objetivo, apenas estes:

O intervalo entre uma nota e outra 1 tom e meio acima se chama Terça Menor.
O intervalo entre uma nota e outra 2 tons acima, se chama Terça Maior.
O intervalo entre uma nota e outra 3 tons e meio acima, se chama Quinta Justa.

Agora vamos falar sobre Tríades

A tríade é a formação do acorde pela nota Fundamental (Tônica), a sua terça e a sua quinta.

Então, o acorde maior é formado pela

Tônica, Terça Maior e Quinta Justa

e o acorde menor é formado pela

Tônica, Terça Menor e Quinta Justa

Na nomenclatura do acorde, o acorde menor vem com a letra “m” minúsculo após a cifra e o acorde maior não tem nada.

Por exemplo:

C = Dó maior
Cm = Dó menor

Este vídeo foi apenas para te dar uma noção básica sobre o que são os acordes maiores e menores.

Baixe o Guia Essencial para Iniciantes no Violão

Até mais

Curso: Técnicas para Guitarra Rock

Curso: Técnicas para Guitarra Rock

Esse é um curso online do excelente guitarrista Ozielzinho.

Curso Técnica para Guitarra Rock

Pacote de 4 Produtos

Guitarra Rock 2.0

Aborda desde escala diatonica, pentatonica, tapping, arpejos até licks e solos mais avançados, um total de mais de 4 horas de vídeo. Acompanha tablaturas em PDF, arquivos em GuitarPro e backingtracks em MP3

Arpejos

Direcionado para a técnica de arpejos em nível mais avançado. São vários solos que compus para que você aprenda a aplicação da técnica de arpejos de diversas formas. Para assisti-lo é recomendado estar a ciente das técnicas mostradas no Guitarra Rock 2.0. Acompanha tablaturas em PDF, arquivos em GuitarPro e backingtracks em MP3.

Timbre Ideal

Dicas, informações e exemplos para você configurar melhor seu equipamento e conseguir um timbre melhor, abordo assuntos como configurações de pedaleiras, pedais, amplificadores, posição de microfone etc, dicas que funcionarão independente do fabricante do seu equipamento.

Apostila Digital

Nesse material de estudo é abordado vários assuntos técnicos como; pentatônicas, arpejos, ligados, tapping e palhetada alternada com licks transcritos em tablatura, arquivos MP3 dos licks juntamente com seus respectivos PLAYBACKS para você treinar e ainda os arquivos GuitarPro para melhor visualização da escala e treinamento com andamento mais lento.

 

Para saber mais, acesse Curso Técnica para Guitarra Rock

Home Studio Express

Home Studio Express

O Curso de Home Studio Express foi desenvolvido especialmente para você que está começando agora e está cheio de dúvidas. Pra quem esta começando sempre é muito difícil, surgem muitas dúvidas de quais equipamentos comprar, como configurar, quais os softwares e plugins usar, etc.
Muitas das vezes por falta de experiência fazemos escolhas erradas que nos causam prejuízos.
Pensando nisso Márcio Mourão desenvolveu o Curso de Home Studio Express, para você iniciar com o pé direito. É essencial para quem esta começando no mundo do Home Studio, pois aborda os conceitos fundamentais que são indispensáveis para o profissional de áudio.
Um curso dinâmico com linguagem simples e objetiva para você aprender conceitos sobre gravação, áudio e midi, latência, softwares, plugins, instrumentos virtuais e muito mais.
Esta preparando para começar? Não perca tempo comece agora mesmo a montar o seu Home Studio para produzir suas próprias músicas!

01-Apresentação
02-O que é Home Studio
03-Equipamentos (Computadores e inferfaces de audio)
04-Microfones
05-Pre amps
06-Mesas de Som
07-Monitores de studio e fones
08-Cabos de Conexão
09-Controladores Midi
10-No Breaks, Filtro de Linha e Aterramento
11-Isolamento acústico e Tratamento
12-Daws
13-Drivers, Latência e amostragem do audio
14-Plugins, Instrumentos Virtuais e Samplers
15-Gravando Audio
16-Gravando Midi
17-Trabalhando com o pc
18-Quanto devo cobrar?
19-Considerações Finais

Para saber mais sobre o curso Home Studio Express, clique abaixo:
QUERO SABER MAIS SOBRE O CURSO