17 dicas para ser uma ótima cantora e viver da sua arte ganhando bem financeiramente

17 dicas para ser uma ótima cantora e viver da sua arte ganhando bem financeiramente

Você gostaria de se tornar uma ótima cantora e viver exclusivamente da sua arte ganhando bem financeiramente?

Esse artigo é direcionado tanto para cantoras profissionais como para aspirantes a futuras cantoras, mas que sabem da importância dessa linda arte.

Muitos cantores fizeram poucas aulas e logo já seguiram seu caminho autodidata, ou mesmo aprenderam sozinhos. A maioria das pessoas pensa que está cantando bem, mas não está, inclusive alguns profissionais.

É possível cantar bem sendo autodidata? Sim, mas é muito mais difícil e você pode adquirir alguns vícios que vão estragar sua voz no futuro.

Por isso aqui vão algumas dicas que vão te ajudar muito nessa jornada, seja profissional ou amadora.

  1. Aceitação. Se você é profissional, ou pretende ser, admita, pode ser que seu sucesso esteja estagnado por falta de qualidade vocal. Isso é mais fácil de corrigir do que você imagina. O primeiro passo é a aceitação de que você precisa estar em constante evolução. Independente do seu nível. Saia da zona de conforto;
  2.  Grave o que você canta enquanto estuda. Assim você poderá identificar o que precisa melhorar e quais as suas qualidades;
  3. Preste atenção na sua performance de apresentação, veja onde pode melhorar. Observe outros profissionais que você admira. Modele o que dá certo e exclua o que não dá certo, sem perder a sua personalidade;
  4. As pessoas que não tem o Dom da voz, também podem aprender a cantar bem, com a orientação correta;
  5. Pessoas que já nasceram com uma linda voz também precisam estudar. Ignorar isso é um grande erro que faz muitos talentos serem desperdiçados;
  6. Cuide da voz de maneira saudável, não grite ao falar e beba água várias vezes por dia;
  7. Aprenda técnicas corretas de respiração com um professor;
  8. Estenda seu alcance vocal. Conheça os seus limites mais graves e agudos e faça exercícios para ampliar o alcance de sua voz. Isso leva tempo e dedicação;
  9. Conheça as diferentes áreas da sua voz. Registro de peito, médio e de cabeça.
  10. Faça os exercícios e estude diariamente. Marque os horários na agenda.
  11. Caso não esteja atingindo as notas, mude o tom da música. Aprenda o básico de harmonia musical.
  12. Para quem é profissional, ou pretende ser, aprenda um pouco sobre marketing, carreira, vendas e negociação. Principalmente se você almeja receber cachês mais altos.
  13. Publique somente vídeos de boa qualidade. Não publique aqueles vídeos tremidos e com áudio ruim, filmados com o celular.
  14. Assuma a responsabilidade pela sua vida. Pare de achar que são tudo injustiças do mundo;
  15. Invista no seu sonho de viver de música. Significa tempo, energia e dinheiro. Se não tem dinheiro, veja o que você pode cortar que talvez seja menos importante do que sua carreira. Sabe aquela cervejinha, o sapato novo, o restaurante? Será que poderiam ser economizados? A decisão é sua.
  16. Aprenda a ultrapassar barreiras que te impedem de fazer sucesso com a orientação certa.
  17. Tenha um bom professor. Os melhores de todas as áreas, sempre tem grandes mestres e gurus, veja os lutadores, esportistas e empresários. Um mau professor pode prejudicar a sua voz, além de te fazer perder tempo e dinheiro, por isso, procure quem já mostrou resultados na prática.

Siga as dicas acima que você vai perceber uma grande evolução na sua vida.

Infelizmente, não é possível detalhar tudo em apenas um artigo, mas se você quiser saber mais e dar esse passo importante na sua vida musical, recomendo o curso Além da Voz

Minha indicação é o curso ALÉM DA VOZ da professora Iara Negrete. Além de ensinar as técnicas de canto, ela ensina muito mais, por isso o curso se chama Além da Voz.

Ela já ensinou grandes artistas da música brasileira e agora abriu inscrições para o curso que pode ser acessível para todas as pessoas que tem internet.

Eu não sei até quando as vagas estarão disponíveis, aproveite e veja a apresentação dela aqui CURSO ALÉM DA VOZ.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO

Como definir a persona do seu público

Como definir a persona do seu público

Toda pessoa na qual trabalhou com marketing já se deparou com a ideia de público-alvo de algum anúncio ou divulgação. Entender um público-alvo e defini-lo é fundamental para criar produtos de sua empresa.
Mas isso não é o suficiente. Público-alvo é um termo muito amplo para definir de fato o seu cliente. É para isso que existe a persona que é uma pessoa fictícia e possível cliente.

Isso vale também para a música. Sabendo a persona que define o seu público fica muito mais fácil e barato mostrar o seu trabalho para quem tem mais chance de se interessar.
O que é persona?

Persona é basicamente uma personagem fictícia do seu público. Ela se baseia em dados demográficos sobre comportamentos dos seus clientes. Você define características como história, motivação, preocupação e desejos.

Ela pode ser definida pela rápida análise do seu público-alvo e descobertas em comum entre eles. Para definir sua persona de maneira eficiente, procure considerar as pessoas que gostaram e que não gostaram da sua música. Tente entender o que os motivou a ter essa opinião.
Como definir a persona para meu show?

É necessário perguntar algumas coisas e responder certas questões referentes ao personagem fictício criado para a persona.

Antes de responder as perguntas, você pode recorrer a alternativas como formulários para fazer uma pesquisas de opinião ou mesmo nas redes sociais.

Sabendo disso, você precisa responder várias questões sobre a persona:

  • Quais são as características?
  • Quais os assuntos que mais a interessam?
  • Qual a idade?
  • Quais os problemas presentes na vida dela?
  • O que ela geralmente faz nas horas vagas?
  • O que ela faz profissionalmente?
  • Qual o sonho dele?
  • Ela costuma procurar informações em qual veículo de comunicação?

Todas essas perguntas precisam ser respondidas para que você defina sua persona corretamente. Isso permite que você tenha ideias de marketing sobre ela e direcionados a ela.

Depois disso, basta definir o nome, a idade, trabalho, medos e ambições dela.

Criando sua persona ouvinte da sua música

Achou complicado? Vamos mostrar um exemplo para você de uma persona criada agora.

Suponhamos que você tenha grupo de samba.
Nossa persona será Ana. Ana gosta de sair com os amigos, tomar cerveja, conversar e dançar. Ela está procurando uma música adequada para essa ocasião.

Agora definiremos as características de Ana:

  • Ela tem 25 anos;
  • Está terminando a faculdade;
  • Tem perfil no facebook e instagram;
  • Além de samba, ela gosta de outros estilos de mpb;
  • Ela não gosta de rock pesado, mas às vezes curte pop rock;
  • Ana tem um emprego e ganha média de R$ 2800 por mês;
  • Pode pagar ingresso de shows de vez em quando, mas não toda semana;
  • Além disso ela gosta de ler livros filosofia;

A partir disso, você já consegue criar uma boa estratégia de divulgação que serão interessantes para pessoas com as características da Ana.

Criar a persona é essencial para divulgação do seu trabalho e especialização do marketing direcionado a pessoas com certas características.

A sua divulgação terá muito mais resultado.

 

Se você quiser evoluir e dar um passo adiante, CLIQUE ABAIXO:

Guia COMO VENDER SEUS SHOWS E GANHAR MUITO MAIS

 

Acorde Maior e Menor – Qual a diferença?

Acorde Maior e Menor – Qual a diferença?

Você sabe o que é um acorde maior e um acorde menor?

Porque eles são chamados assim?

Como são formados?

Você vê as cifras dos acordes, mas não entende muito bem o que significam?

Vou fazer uma explicação rápida e ao final deste vídeo você saberá reconhecer a diferença entre um acorde maior e menor.

Você já percebeu que, além do nome, existe uma diferença nos sons entre o acorde maior e o menor.

Vamos agora entender a explicação:

Acorde é um conjunto de notas tocadas ao mesmo tempo.

A partir da combinação das notas surgem os diversos tipos de acordes, mas neste vídeo falaremos apenas do maior e do menor.

A primeira coisa que precisamos entender é o intervalo, que é a diferença de altura entre as notas, a distância entre uma nota e outra.

A intervalo mais próximo entre as notas são as teclas vizinhas no piano, ou as casas vizinhas no violão.

Esse intervalo se chama semitom.

Então, o intervalo entre uma nota e sua nota vizinha é ½ tom.

Logo, se considerarmos o intervalo entre uma nota e 2 casas para frente, o intervalo é de 1 tom.

E se considerarmos o intervalo entre uma nota e 3 casas para frente, o intervalo é de 1 tom e meio.

Se considerarmos o intervalo entre uma nota e 4 casas para frente, o intervalo é de 2 tons, e assim por diante.

Cada intervalo desses recebe um nome. Não vamos falar os nomes de todos os intervalos aqui para deixar o vídeo mais simples e objetivo, apenas estes:

O intervalo entre uma nota e outra 1 tom e meio acima se chama Terça Menor.
O intervalo entre uma nota e outra 2 tons acima, se chama Terça Maior.
O intervalo entre uma nota e outra 3 tons e meio acima, se chama Quinta Justa.

Agora vamos falar sobre Tríades

A tríade é a formação do acorde pela nota Fundamental (Tônica), a sua terça e a sua quinta.

Então, o acorde maior é formado pela

Tônica, Terça Maior e Quinta Justa

e o acorde menor é formado pela

Tônica, Terça Menor e Quinta Justa

Na nomenclatura do acorde, o acorde menor vem com a letra “m” minúsculo após a cifra e o acorde maior não tem nada.

Por exemplo:

C = Dó maior
Cm = Dó menor

Este vídeo foi apenas para te dar uma noção básica sobre o que são os acordes maiores e menores.

Baixe o Guia Essencial para Iniciantes no Violão

Até mais

Curso: Técnicas para Guitarra Rock

Curso: Técnicas para Guitarra Rock

Esse é um curso online do excelente guitarrista Ozielzinho.

Curso Técnica para Guitarra Rock

Pacote de 4 Produtos

Guitarra Rock 2.0

Aborda desde escala diatonica, pentatonica, tapping, arpejos até licks e solos mais avançados, um total de mais de 4 horas de vídeo. Acompanha tablaturas em PDF, arquivos em GuitarPro e backingtracks em MP3

Arpejos

Direcionado para a técnica de arpejos em nível mais avançado. São vários solos que compus para que você aprenda a aplicação da técnica de arpejos de diversas formas. Para assisti-lo é recomendado estar a ciente das técnicas mostradas no Guitarra Rock 2.0. Acompanha tablaturas em PDF, arquivos em GuitarPro e backingtracks em MP3.

Timbre Ideal

Dicas, informações e exemplos para você configurar melhor seu equipamento e conseguir um timbre melhor, abordo assuntos como configurações de pedaleiras, pedais, amplificadores, posição de microfone etc, dicas que funcionarão independente do fabricante do seu equipamento.

Apostila Digital

Nesse material de estudo é abordado vários assuntos técnicos como; pentatônicas, arpejos, ligados, tapping e palhetada alternada com licks transcritos em tablatura, arquivos MP3 dos licks juntamente com seus respectivos PLAYBACKS para você treinar e ainda os arquivos GuitarPro para melhor visualização da escala e treinamento com andamento mais lento.

 

Para saber mais, acesse Curso Técnica para Guitarra Rock